terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Nosso lixo de cada dia I

A partir de hoje, deixarei no blog, algumas informações preciosas sobre a Reciclagem do Lixo e para quem desejar fazer parte da minoria (por enquanto, espero eu) consciente da população, pois saber exatamente o que se deve fazer com o próprio lixo é uma tarefa importante para todos e para o planeta.

Antes de sair por aí juntando tudo de forma desordenada, é preciso ter um pouco de conhecimento do assunto para facilitar a vida das pessoas que trabalham com a coleta ou que vivem delas, e assim agilizar o processo da reciclagem, tão lento em relação ao consumo desenfreado dos dias de hoje.
Eu, que reciclo lixo há mais de 8 anos, sei bem a diferença que isso faz e o bem estar que sentimos quando contribuimos para a preservação do meio ambiente.

Segundo "a última pesquisa realizada em 2000, pelo IBGE, o Brasil produz, atualmente, cerca de 228,4 mil toneladas de lixo POR DIA. O chamado lixo domiciliar (esse que produzimos em nossas casas e pelo qual somos responsáveis) equivale a pouco mais da metade desse volume, ou seja 125 mil toneladas diárias.
Do total de resíduos descartados em residências e indústrias, apenas 4.300 toneladas (aproximadamente 2% do total), são destinadas à coleta seletiva. Quase 50 mil toneladas de resíduos são despejados todos os dias em lixões a céu aberto, o que representa um risco à saúde e ao ambiente.
A idéia é diminuir o volume de lixo de difícil composição, como o vidro e o plástico, evitar a poluição do ar e da água, otimizar recursos e aumentar a vida útil dos aterros."

Fonte: Ciência e Saúde - Uol