domingo, 5 de agosto de 2007

Por um mundo melhor...

Não basta apenas se preocupar com a poluição ao meio ambiente, resultante de tantas atitudes impensadas nossas. É necessário fazer algo, fazer a nossa parte.
Deixo aqui algumas dicas simples, para darmos uma mãozinha ao planeta:

-Para economizar gás: coloque a panela com o conteúdo que desejar no fogo e leve à temperatura máxima. Quando ferver, diminua a chama para o mínimo. Isso porque depois que se atinge a temperatura de ebulição, pouca ou nenhuma diferença faz se a chama estiver alta.

- Para diminuir a contaminação do solo e das águas com óleo de cozinha: O óleo, como se sabe, não se mistura com líquidos, nem se dissolve. O que é um problema para o meio ambiente quando descartado, visto que, pela sua própria composição, irá se acumular nos lixões, contaminando o solo; bem como se atingir rios, mares ou quaisquer correntes de água.

Uma boa dica é reutilizar o óleo de cozinha na fabricação de sabão caseiro.

E a receita é:

Sabão Caseiro:

- 5L de óleo comestível usado;

- 2L de água;

- 200 mL de amaciante;

- 1Kg de soda cáustica (NaOH)

Modo de Preparo:

1- Misture o óleo e a soda cáustica.

2- Coloque cuidadosamente a água fervente. Mexa.

3- Adicione o amaciante. Mexa novamente.

4- Mexa até formar uma mistura homogênea.

5- Jogue a mistura em uma fôrma e espere secar bastante.

6- Corte as barras e pronto.

Atenção: A soda cáustica pode causar acidentes.

Todo cuidado é pouco no seu manuseio!!!

Obs1.: Quanto mais o sabão curtir, melhor ele fica.

Obs2.: Se você tem receio em manusear os produtos para a fabricação do sabão ou simplesmente não quer produzi-lo em casa, existem fábricas que recolhem o óleo usado para utilizar na produção. Tente se informar onde na sua cidade você pode entregá-lo. Junte todo o óleo usado em uma garrafa pet e entregue no local.

- Para reciclar o lixo: É fundamental separar o lixo reciclável do lixo comum. Para isto, basta conhecer o materiais e ter boa vontade para ajudar o planeta.

Material Reciclável: recipientes de vidro; metais (ferro, alumínio, cobre, etc); latas; cubas de ovos; plástico (utensílios de cozinha, mangueiras, brinquedos, etc); papel; papelão, etc.

Lixo comum: galhos e folhas de árvores; poeira e sujeira; ossos, terra e entulho; restos de comida, papel higiênico, papel de carbono e de fax, absorventes, etc.

Em muitas cidades há coleta seletiva, separe o lixo em casa e entregue no local de coleta. Alguns projetos têm telefone e vão pegar o lixo reciclável na sua casa, só é preciso ligar e solicitar o caminhão de coleta.

Se na sua cidade não tem coleta seletiva, reutilize embalagens, crie objetos, recicle papéis, solte a imaginação!!!

Faça a sua parte!!

Seu exemplo valerá mais do que mil preocupações...