quarta-feira, 11 de julho de 2007

Você já provou do tempero da Julinha?! Eu já!

Julinha, é o nome carinhoso de Tia Júlia, mãe da minha amiga Cris Cohin.
Com saudade de sua filhota, que mora só e somente só por essas bandas de Maceió, resolveu fazer um "jantar baiano" (com direito até a camarão seco, trazido diretamente de Salvador) para comemorar a aquisição da nova máquina de lavar da Cris (rsrs).
A Cris, na época, morava num apê de 2 quartos e tinha em sua sala uma mesa com apenas 4 cadeiras. Detalhe: Para o tal jantar, foram convidadas umas...20 pessoas!!!
Mas, não é que o jantar se transformou num grande evento??!
Cada um que chegasse, se servia diretamente no fogão e ia direto para o chão (ou para a almofada) dar suas garfadas.
A folia entrou noite a dentro...E o que dizer do jantar?? Bom demaisssssssss!!!!
Em meio às sucessivas idas e vindas até a cozinha (claro, porque ninguém ficou sem repetir o prato!!! A essa altura, todo mundo já tinha perdido a vergonha (dada a informalidade do encontro)...e as caras-de-pau eram visíveis!!! rsrs) nos deliciávamos com os causos e as conversas que saiam, espontaneamente, como um sorriso de criança...

Êta baiana arretada essa Tia Julinha!!!!
Valeu, Cris!!!