quinta-feira, 24 de julho de 2008

Suflê de Espinafre

"Soufflé" do particípio passado do verbo "souffler" que significa " assoprar acima", é um coringa na cozinha pela praticidade e versatilidade que lhe são peculiares.
Feito à base de praticamente 2 componentes básicos, béchamel e ovos em neve, pode ser combinado com vários outros ingredientes, em versões salgadas ou doces, sendo essas últimas servidas como sobremesas.
Seu único defeito: sua imponente aparência é fugaz, efêmera, dessas que desaparece num piscar de olhos.
É só o tempo de ir pra mesa, dar às caras aos convivas e desaparecer no fundo da travessa.
Bem ou mal, a verdade é que o suflê ou soufflé (para quem desejar soltar a língua) é um excelente acompanhamento para qualquer ocasião, seja de dia ou de noite, na mesa de cada dia ou numa refeição especial.
E foi esse prato "metido a chique" que incrementou meu almoço sem graça de hoje, dando um ar de "capricho" aos seus companheiros de cardápio.



Suflê de Espinafre

* 1 maço de espinafre
* 2 col (s) de manteiga
* 1 col (s) de farinha de trigo
* 1 tablete de caldo de galinha
* 2x (chá) de leite fervente
* 3 gemas de ovo
* 4 c0l (s) de queijo ralado
* 3 claras batidas em neve

MODO DE PREPARO:
1. Cozinhe as folhas de espinafre no caldo de galinha.
2. Escorra bem a água , pique bem e reserve.
3. Leve ao fogo, a manteiga com a farinha de trigo e mexa até dourar.
4. Junte o leite quente, e deixe engrossar, sem parar de mexer.
5. Retire do fogo, junte as gemas e o queijo ralado.
6. Misture tudo muito bem e acrescente o espinafre reservado.
7. Despeje a massa sobre as claras em neve e mexa delicadamente.
8. Unte uma fôrma refratária (de preferência, um ramequim) e polvilhe com queijo ralado.
9. Despeje a massa e leve ao forno pré-aquecido por aproximadamente 40 min ou até o suflê dourar por inteiro.