sábado, 24 de novembro de 2007

FESTIVAL SABOR DAS LAGOAS


Durante o mês de novembro aconteceu em Massagüeira (povoado que pertence ao Município de Marechal Deodoro e que sobrevive, basicamente, da pesca marítima e lagunar local) o 3* Festival Sabor das Lagoas, em que participaram os restaurantes e bares das redondezas com um prato desenvolvido, exclusivamente, pelas(os) cozinheiras(os) para o festival e tendo como principal ingrediente a comida regional.

Ainda ontem, (apesar do festival ter encerrado no último dia 18) tive a oportunidade de conhecer um Restaurante rústico (tal qual os demais) chamado "Ponto do Sabor", com a cozinha sob o comando de Rosi (como ela prefere ser chamada) que me apresentou sua mais nova criação, o prato "Camarão ao Ponto do Sabor". Uma receita simples de fazer, com ingredientes mais simples ainda e de um sabor maravilhoso. Além do prato ter feito sucesso, (o que fez a cozinheira incluir o prato no cardápio do restaurante) podemos contar com um bom atendimento e serviço do lugar.

Ah, esqueci de falar que ao comer o prato exclusivo do festival, levamos para casa de brinde um livrinho de receitas, onde constam todas as receitas que participaram do evento, inclusive com foto.

Um incentivo a mais para quem cria e para quem come. :)

CAMARÃO AO PONTO DO SABOR:

*400g de camarão descascado e limpo

* 250g de couve-flor

* 500ml de molho branco

* 2 dentes de alho picados

* 1 tomate picado

* 1/2 cebola e 1/2 pimentão picados

* sal e cheiro verde a gosto

* 50ml de azeite de oliva

* 50g de margarina

* Queijo mussarela ralado

MODO DE PREPARO:

Cozinhe a couve-flor em água e sal. Refogue no azeite ou margarina, o camarão com alho, cebola, tomate, pimentão e cheiro verde.

Em um refratário, coloque a couve-flor e acrescente, por cima, o camarão refogado com as verduras e cubra com o molho branco, finalizando com queijo mussarela ralado.

Leve ao forno por 5 minutos para gratinar.

Sirva acompanhado de arroz branco.

P.S: Gente, né por nada não...Mas, tanto eu como o marido tivemos a certeza de que a couve-flor (que já estava envolvida pelo molho branco) também estava empanada.

Detalhe que eu acho, ter sido esquecido de ser revelado nas páginas do livrinho de receitas.

Bom, couve-flor empanada ou não empanada, temos aí mais uma sugestão para se fazer o prato.

Bom Apetite!!!