quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

À Mesa com Burle Marx

Bem que eu gostaria de ter sentado numa mesa dessas...
Não bastasse ser o paisagista que foi, Roberto Burle Marx ainda era pintor, escultor, desenhista, tapeceiro, design de jóias e ceramista, e pra minha surpresa, cozinheiro!
Cecília Modesto arquiteta e ex-estagiária do artista reuniu, ao longo de 20 anos de convivência, entre as anotações de dicas de paisagismo e de pintura, muitas receitas do mestre, e em parceria com a, também, arquiteta Cláudia Pinheiro e o cozinheiro Cleofas César da Silva (companheiro de muitos anos de Burle Marx) lançaram o livro "À Mesa com Burle Marx"- em comemoração ao centenário de seu nascimento, recompondo o cenário dos almoços dos finais de semana no sítio Santo Antônio da Bica em Pedra da Guaratiba, na zona oeste do Rio, de propriedade do homem-mil -e-uma-utilidades.
A marca registrada desses almoços entre amigos famosos e anônimos era a irreverência,
"Roberto não admitia que um prato fosse servido numa travessa comum. Ele tinha muito cuidado com a apresentação, e o livro tenta reproduzir isso", conta Cláudia que provou as cerca de 40 receitas preparadas pelo cozinheiro. Dentre elas, macarrão de palmito, compota de melancia com coco e galinha com anis estrelado.
Nem as toalhas de mesa que o paisagista pintava para receber os convidados ficaram de fora. Além de aparecerem nas fotos internas, serviram também como capa para o livro (ao todo, são 20 capas diferentes).



Então, ficou curioso?! Passa na livraria mais próxima e confere esse lançamento!!


À MESA COM BURLE MARX - Ed. Batel, 192 págs, r$ 88,00

Fonte: Folha de SP